Transtornos mentais são a terceira causa de afastamento do trabalho

  

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

 

por Giuliana Girardi São Paulo, SP

Depressão, ansiedade e stress ocupam o terceiro lugar na lista das doenças que mais afastam o trabalhador do emprego por mais de quinze dias. A maioria das pessoas nem percebe que está doente.

Imagine uma ponte. Se ela receber mais peso do que consegue suportar pode ceder. Com a gente acontece o mesmo. Às vezes, o peso é tanto, que fica difícil aguentar.

Uma profissional financeira demorou até entender que precisava de ajuda médica.
“O doutor brincava que eu estava com o meu carro atolado, que eu tinha que desatolar o carro para continuar andando”, conta.

Cinco milhões de brasileiros tem problemas de saúde mental graves. Boa parte nem sabe disso. “Ela vai fazer em torno de sete consultas, antes de ser diagnosticado um quadro mental”, afirma Kalil Duailib, Associação Brasileira de Psiquiatria.

Os transtornos mentais são o terceiro motivo de afastamento do trabalho por mais de 15 dias. Segundo uma psicóloga, a maior parte dos transtornos mentais são causados por:

– violência como medo de assalto, insegurança.
– problemas no trabalho provocados por sobrecarga
– preocupação com família como saúde de pessoas próximas ou com filhos
– e problemas financeiros como pagamento de contas e dívidas.

O corpo dá sinais de alerta:

– dores sem causa específica
– sensação de formigamento pelo corpo
– aperto no peito
– sensação contínua de mal estar
– perda de vontade de fazer coisas rotineiras

O emocional também muda.

“Primeiro lugar depressão, depois apatia, transtorno bi-polar e agressividade”, afirma Ana Cristina Limongi França, professora de psicologia.

Uma central de atendimento só com psicóloga para atender funcionários. Quem está do outro lado da linha pode desabafar, falar dos problemas que tem em casa, no trabalho. 86 empresas de todo o Brasil contrataram esse serviço na tentativa de evitar afastamento por transtornos mentais.

“A ideia é, preventivamente, ouvir essas pessoas, ajudá-las a identificar o problema para que seja resolvido mais rapidamente”, explica Liliana Scheliga, diretora clínica da empresa.

A funcionária deprimida passou por um tratamento. Sabe que vai demorar para voltar ao normal, mas já sabe o caminho. “Eu sei que é uma coisa lenta. Primeiro a gente desatola o carro e você vai pegando tua velocidade de novo”, afirma.

Fonte: Globo.com

“Jornal Hoje” – Edição do dia 23/08/2010

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Transtornos mentais são a terceira causa de afastamento do trabalho

  1. Link para o Currículo Lattes da Dra. Ana Cristina Limongi França (FEA-USP): http://sistemas3.usp.br/tycho/CurriculoLattesMostrar?codpes=84766

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s