Funcionários cruzam os braços e Usina Maringá promete regularizar salário

Problema é a única reclamação dos trabalhadores; diretoria da empresa garante resolução da questão até sexta-feira

 Funcionários e sindicalistas na tarde de ontem, na usina (Foto: Deivide Leme)

Funcionários e sindicalistas na tarde de ontem, na usina (Foto: Deivide Leme)

Trabalhadores da Usina Maringá, empresa sucroenergética de Araraquara, entraram em greve ontem, alegando problemas com o salário referente ao mês de janeiro.

Entre mecânicos, eletricistas, líderes e encarregados, aproximadamente 120 pessoas receberam somente uma parcela do salário, no último dia 5 de fevereiro, segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Indústrias de Alimentos de Araraquara, Antônio Gonçalves Filho.

Ele afirma que apenas os funcionários que têm remuneração inferior a R$ 1.270 receberam o salário integralmente este mês.

“A empresa diz que está captando recursos para resolver, mas esse movimento caracteriza os direitos destes trabalhadores que, em muitos casos, estão na luta para manter suas casas. É uma situação complicada ficar sem dinheiro, quando se está contando com ele”, diz Gonçalves Filho.

De acordo com o sindicalista, não é a primeira vez que a usina passa por problemas parecidos. “Há uns seis, meses os funcionários passam por questões como esta. Alguns meses recebiam atrasado, mas tudo se resolveu”, acrescenta.

O presidente também afirma que alguns grevistas já retomaram as atividades no período da tarde, mas que a maioria prometeu mobilizar-se até que se cumpra o prazo para os acertos. 

Usina promete efetuar pagamento em até quatro dias

A diretoria da Usina Maringá diz estar “completamente focada em resolver o problema dos funcionários” e estipulou um prazo de quatro dias para realizar os pagamentos pendentes. “Estamos empenhados em resolver as reclamações dos nossos trabalhadores. Claro que eles têm o direito de questionar, mas garantimos que tudo estará resolvido até sexta-feira.”

Os diretores informam ainda que, durante reunião realizada na manhã de ontem, o período para quitar as dívidas foi estipulado juntamente com os representantes dos grevistas. Além disso, a empresa conta que cumpriu com 80% do salário total referente ao mês de janeiro.

Fonte: Araraquara.com

“Araraquara.com | Notícias Economia” – Publicado em 26/02/2013 às 08h36

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s