Produção do PlayStation 4 tem estudantes chineses em “estágio forçado”

DE SÃO PAULO
Uma das fábricas da Foxconn em Yantai, na província chinesa de Shandong, usou trabalho irregular de universitários na linha de produção do videogame PlayStation 4, da Sony, empresa japonesa que terceiriza a fabricação do console.

Caso os estudantes, do Instituto de Tecnologia de Xi’An (a cerca de 1.381 km de Yantai), se recusassem a trabalhar, perderiam seis créditos acadêmicos, o que tornaria impossível que eles se formassem.

A Foxconn admitiu ao site “Quartz” que os universitários foram submetidos a horas extras e a turnos noturnos, o que violava a política da companhia. “Ações imediatas foram tomadas para adequar a planta a nosso código e às nossas políticas”, disse a empresa em um comunicado ao site.

Reprodução/China.com
Imagem mostra estudantes caminhando para iniciar um dia de trabalho
Estudantes caminhando para iniciar o dia em Yantai

A Foxconn mantém programas de “estágio” similares em “muitas localidades” da China, continuou o comunicado, a fim de prover os estudantes de “uma oportunidade de ganhar experiência em trabalhos práticos e treinamento que os respaldará ao buscar trabalho após a graduação.”

O caso foi inicialmente divulgado por uma reportagem do jornal “Diário Oriental” de Hong Kong.

O texto diz que as tarefas dos estudantes eram as mesmas atribuídas aos funcionários da Foxconn, como colar partes e adesivos e empacotar consoles. Eles também recebiam o salário equivalente ao de um operário que acabou de entrar na firma.

Segundo a reportagem, quatro estudantes desmaiaram em um intervalo de 10 dias por conta dos expedientes, que, segundo uma estudante ouvida, chegava a 11 horas diárias com dois intervalos –um de meia hora e outro de 10 minutos– ao longo da jornada.

Recentemente, o presidente-executivo da Foxconn, Terry Gou, declarou que encontrar mão-de-obra estava se tornando um problema para a empresa.

“A geração jovem não quer trabalhar em fábricas; eles querem serviços ou internet ou outro emprego relaxado e mais fácil”, disse ao “Financial Times”.

Grande parte das unidades do PlayStation 3 foi produzida no Japão, em fábricas da própria Sony, segundo o site especializado em games “Kotaku”.

A Sony ainda não se pronunciou sobre o caso.

Fonte: Folha.com (http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/10/1354591-producao-do-playstation-4-tem-estudantes-chineses-em-estagio-forcado.shtml)

“Folha de S. Paulo | Tec” – Publicado em 10/10/2013 às 14h02

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s