História de namoro entre funcionários vai parar na Justiça

Empresa demitiu casal, mas foi condenada pela Justiça do Trabalho.

Indenização foi de R$ 39 mil por danos morais.

Em algumas empresas, o relacionamento entre funcionários é visto com maus olhos. Algumas chegam até a demitir o casal. Em fevereiro, o Tribunal Superior do Trabalho condenou uma loja de departamento a pagar indenização de R$ 39 mil por danos morais a um funcionário demitido por justa causa porque namorava uma colega de trabalho.

O código de ética da empresa proibia relacionamentos amorosos entre os seus empregados dentro e fora do trabalho, norma que foi considerada inválida pela Justiça. O ex-funcionário, que não quer se identificar, estava na empresa há 25 anos e nunca recebeu uma advertência. “Eu nunca tive nenhum tipo de falta. Colaborava muito. Dentro da empresa a gente não se tocava até porque o turno era diferente”.

A lei não impede que casais trabalhem no mesmo local. “A própria Constituição Federal assegura a todos nós o direito da intimidade à vida privada. A empresa não pode proibir o relacionamento em si. O que não significa que eventuais abusos ou comportamentos inadequados em decorrência deste relacionamento não possam ser penalizados”, explica o advogado Carlos Vinícius Amorim.

Tatiana e Cloadoaldo se conheceram há seis anos e exercem a mesma função em um órgão público e pediram à chefia para trabalhar em setores diferentes. “Para cada um ter respeito à sua individualidade. Não ter fofoca, pra achar que em algum momento eu posso estar privilegiando ou ele me privilegiando”, explica Tatiana.

Muitos dos casais se conhecem no trabalho. A consultora empresarial Sabrina Ferroli diz que o ideal é não esconder o relacionamento, mas manter a discrição. “Dentro da empresa a postura, o comportamento tem que ser bastante profissional. Ali você está lidando com informações, com metas, com desempenho. Então é importante ter essa discrição”.

Fonte: História de namoro entre funcionários vai parar na Justiça.

“Jornal Hoje” – Edição do dia 27/03/2014  Atualizado às 14h29

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s