Construção é o setor com mais casos de trabalho escravo

O Estado de S.Paulo

O setor de construção civil é o que tem mais casos identificados pela fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) como trabalho escravo, superando a agricultura, conforme balanço sobre ações realizadas em 2013.

Foram identificados 849 pessoas em regime de trabalho análogo à escravidão na construção, segundo dados do Grupo Especial de Fiscalização Móvel do MTE.

A agricultura, até então a principal vilã do trabalho escravo no País, registrou 342 casos de pessoas libertadas no ano passado. Na pecuária foram resgatados mais 276 pessoas. O grupo do MTE realizou 36 fiscalizações no setor de construção, 44 na pecuária e 23 na agricultura.

O ministério realizou 179 fiscalizações em todo o País, conforme a Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo (Detrae), avaliando as condições de 27.701 trabalhadores. O Detrae identificou 2.063 pessoas sob escravidão e aplicou R$ 8 milhões em multas aos empregadores infratores, além de lavrar 4.327 autos de infração.

Os centros urbanos lideram a lista suja. Foram resgatados 1.068 pessoas em áreas urbanas – o equivalente a 51,8% dos 2.063 resgates realizados no ano passado. Foi a maior quantidade pessoas identificadas sob condições de trabalho semelhantes à escravidão em área urbana da série histórica do MTE.

O Estado com mais casos em áreas urbanas foi Minas Gerais, onde ocorreu o maior número de resgates. Foram 367 trabalhadores libertados em território urbano de Minas. / NIVALDO SOUZA

Fonte: Construção é o setor com mais casos de trabalho escravo – economia – versaoimpressa – Estadão.

“Estado de S. Paulo | Economia & Negócios” – Publicado em 16 de maio de 2014 às 02h06

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s